Pinturabrasileira.com
TEL: +55 11 2872-0550
+55 11 2729-5585
 
   
 

Artistas

Abramo, Lívio
Abreu Amaral, Antonio Henrique
Aguilar, José Roberto
Amaral, Tarsila do
Andrade, Farnese de
Araujo, Carlos
Araújo, Emanoel
Araújo, Octávio
Bandeira, Antonio
Baptista da Costa, João
Baravelli, Luíz Paulo
Bárrio, Artur
Barsotti, Hércules
Bava, Ubi
Bianco, Enrico
Bonadei, Aldo
Brecheret, Victor
Burle Marx, Roberto
Cabral, Antônio Hélio
Camargo, Iberê
Carvalho, Flávio de
Carvão, Aluisio
Carybé, Hector
Castelli, Roberta
Castelli, Roberto
Charoux, Lothar
Cid, Bernardo
Citti Ferreira, Lucy
Dacosta, Milton
De Fiori, Ernesto
Di Cavalcanti, Emiliano
Di Prete, Danilo
Dias, Antônio
Dias, Cícero
Djanira, Motta e Silva
Duke Lee, Wesley
Esquiavan, André
Fiaminghi, Hermelindo
Figueira, Joaquim
Franco, Siron
Gerchman, Rubens
Giorgi, Bruno
Gobbis, Vittório
Goldberger, Ana
Gomide, Antonio Gonçalves
Graciano, Clovis
Gruber, Paulo Fernando
Gruber, Mario
Guerra, Julio
Guersoni, Odetto
Guignard, Alberto da Veiga
Ianelli, Arcângelo
Ianelli, Thomas
Krajcberg, Frans
Kuhn, Heinz
Lauand, Judith
Lemos, Fernando
Leonilson Bezerra Dias, José
Leontina, Maria
Ludolf, Rubem
Mabe, Satoru
Mabe, Manabu
Machado, Juarez
Malfatti, Anita
Maluf, Antônio
Martins, Aldemir
Martins, Manoel
Marx, Antonio
Mattos, Adriana
Mecatti, Dario
Meireles, Cildo
Milhazes, Beatriz
Milliet, Sérgio
Monteiro, Vicente do Rego
Nogueira Lima, Maurício
Odriozola, Fernando
Ohtake, Tomie
Oliveira, Raimundo de
Pancetti, José
Parreiras, Antônio
Paula, Inimá de
Pennacchi, Fulvio
Peticov, Antônio
Piza, Arthur Luiz
Piza, Domingos Toledo
Polo, Maria
Portinari, Cândido
Poteiro, Antonio
Rebolo, Francisco
Ribeiro, Ubirajara Motta Lima
Sacilotto, Luiz
Schendel, Mira
Scliar, Carlos
Segall, Lasar
Serpa, Yves
Serpa, Ivan
Shiró, Flavio
Sigaud, Eugênio de Proença
Silva , José Antônio da
Silva, Francisco da
Squeff, Enio
Sued, Eduardo
Tenreiro, Joaquim
Teruz, Orlando
Torres, Caciporé
Toyota, Yutaka
Tozzi, Claúdio
Tuneu, Antonio Carlos Rodrigues
Vallauri, Alex
Vieira, Joana
Vieira, Décio
Visconti, Eliseu
Volpi, Alfredo
Zanini, Mário

 subir

 
Voltar    

Biografia de Antonio Henrique Abreu Amaral


Antônio Henrique Abreu Amaral nasceu no ano de 1935. É formado em Direito pela Universidade de São Paulo.



Iniciou sua formação artística em 1952, na Escola do Museu de Arte de São Paulo, MASP, com Roberto Sambonet. Estudou gravura com Lívio Abramo no Museu de Arte Moderna de São Paulo, MAM/SP, em 1956. No ano seguinte, realiza a primeira exposição individual de gravura neste museu. Em 1958, viaja para a Argentina e Chile, realiza diversas exposições e entra em contato com Pablo Neruda, Arturo Edwards, Rodolfo Ofazo e Mario Carreño. Vai para os Estados Unidos em 1959 onde, além de expor em Washington, aperfeiçoa-se em gravura com Shiko Munakata e W. Rogalsky, no Pratt Graphics Center, em Nova York. Volta ao Brasil em 1960 e trabalha como assistente de Alfredo Bonino, na Galeria Bonino, Rio de Janeiro. Conhece Portinari, Bandeira, Djanira e Goeldi. Em 1961 volta para São Paulo, trabalha como redator e contato publicitário sem abandonar a atividade artística.



Após o golpe militar de 1964, sua obra passa a incorporar uma temática social agressiva. Em 1967 lança o livro O Meu e o Seu, na Galeria Mirante, com apresentação e texto de Ferreira Gullar e capa de Rubens Martins, e inicia seu trabalho em pintura.Nesse mesmo ano faz a primeira mostra individual de pintura, a série Bocas, na Galeria Astréia, em São Paulo.



Entre 1968 e 1975 elabora a série Bananas, composta de litografias e pinturas. É nesta fase que troca gradativamente a gravura pela pintura. Em 1971, com o prêmio de viagem ao exterior recebido no Salão de Arte Moderna do Rio de Janeiro, vai para Nova York e retorna ao Brasil em 1975. Nesse período realiza exposições nos Estados Unidos, entre outros países. Quando volta ao Brasil revitaliza sua pintura e chega gradativamente à pintura abstrata.



Expressionista, em suas gravuras desenvolveu uma temática social agressiva, transposta depois para a pintura. No final da década de 60 e no transcorrer da década seguinte, desenvolve a fase das bananas, numa aproximação às idéias veiculadas pelo Tropicalismo e, numa referência mais remota às figuras antropofágicas de Tarsila do Amaral, com a mesma pujança cromática que se verifica suas telas atuais mais próximas do ideário surrealista. Esta fase é constituída de duas séries, a primeira denominada Brasiliana, que vai até 1973 e a segunda, Campos de Batalha.



Expões com regularidade em várias capitais do Brasil, apresentando-se também em individuais, salões e coletivas no exterior.



Vive e trabalha em São Paulo.











CRONOLOGIA











1935 – Nasceu em São Paulo.







1952 – Estuda desenho com Roberto Sambonet, no Museu de Arte Moderna de São Paulo, MAM/SP.







1954 – Ingressa na Faculdade de Direito.







1958 – Faz sua primeira exposição individual de gravuras no Museu de Arte Moderna.







1959 – Vai para os Estados Unidos.







1961 – Volta para São Paulo e trabalha como redator de publicidade.







1964 – Golpe Militar.







1966 – Começa a pintar a óleo. Inicia a série “Bocas”.







1967 – Publica o álbum de gravuras “O meu e o Seu”. Faz sua primeira individual em pintura, na Galeria Astréia, com a série “Bocas”.







1971 – Ganha o prêmio de viagem ao exterior no Salão de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Expõe as “Bananas” na Galeria Bonino, no Rio de Janeiro.







1975 – Volta ao Brasil.







1978 – Participa da Bienal de Arte Latino-Americana de São Paulo.







1983 – Exposição “Caminhos de Ontem – Trabalhos de Hoje”, na Galeria Bonfiglioli, em São Paulo.







1989 – Vence o concurso para a criação do “Painel Bandeirantes”. Nesse ano trabalha na execução do painel.







1993 – Realiza a série dos “teatros” que são expostos no Museu de Arte moderna de São Paulo.







1995 – Desenvolve a série dos torsos, corpos e bambus.







1997 – Vive e trabalha em São Paulo.













*FOTO: MILLIET, Maria Alice / SULLIVAN, Edward J. / MORAIS, Frederico. Antonio Henrique Amaral: Obra em Processo (pág. 6). DBA; São Paulo, 1997.


 
?001-2018 Pinturabrasileira.com   Todos os direitos reservados.
By Guest

contato@pinturabrasileira.com